HomeMusicaAs 5 Principais Lições sobre a Indústria da Música que o Último...

Posts Relacionados

As 5 Principais Lições sobre a Indústria da Música que o Último Relatório do Spotify Revelou.

Ah, a indústria da música – um verdadeiro labirinto de tendências, números e insights fascinantes. Como um entusiasta dedicado desse universo, fiquei realmente empolgado ao ler o último relatório do Spotify, o Loud & Clear. Esse documento revelou cinco lições valiosas que realmente merecem a nossa atenção. Vamos lá, então, desfrutar dessa jornada musical repleta de descobertas!

As 5 Principais Lições sobre a Indústria da Música que o Último Relatório do Spotify Revelou

Recordes de Pagamento para a Indústria Musical

Primeiro, vamos falar sobre os números impressionantes que o Spotify vem registrando. A plataforma atingiu o maior pagamento anual da sua história para a indústria musical, superando a marca de incríveis US$9 bilhões. Essa cifra quase triplicou nos últimos seis anos, com um total de mais de 48 bilhões pagos desde a fundação da plataforma. Isso só mostra o crescimento exponencial dessa indústria e o papel cada vez mais crucial do streaming na geração de receita para os artistas.

Mais Artistas Ganhando (e Gerando) Dinheiro

As 5 Principais Lições sobre a Indústria da Música que o Último Relatório do Spotify Revelou.
As 5 Principais Lições sobre a Indústria da Música que o Último Relatório do Spotify Revelou.

Outra revelação surpreendente é que o número de artistas que geram pelo menos US$1 milhão, US$100 mil e US$10 mil quase triplicou desde 2017. Isso evidencia uma maior distribuição de receita na indústria, com mais oportunidades para os talentos brilharem. Enquanto no início da medição eram 460 os artistas que chegavam à marca de US$1 milhão, em 2023 esse clube dos milionários cresceu para 1.250. Segundo o próprio Spotify, esses números podem ser ainda maiores quando consideradas outras plataformas de música, além da venda de ingressos e merchandising.

Artistas Independentes em Alta

Outra tendência empolgante é o crescimento expressivo dos artistas independentes. Eles geraram cerca de US$4,5 bilhões de dólares no Spotify, representando metade do total pago pela plataforma no ano. Ou seja, os indies podem estar ganhando até mais que os artistas vinculados a gravadoras, já que há menos pessoas com quem dividir os ganhos. Pela primeira vez, o valor pago a artistas independentes e não-independentes foi equilibrado.

Inglês Não é Mais Pré-Requisito

As 5 Principais Lições sobre a Indústria da Música que o Último Relatório do Spotify Revelou.
As 5 Principais Lições sobre a Indústria da Música que o Último Relatório do Spotify Revelou.

Uma das lições mais interessantes do relatório é que o inglês não é mais um pré-requisito para o sucesso global na música. Segundo a análise, idiomas como espanhol, alemão, português, francês e coreano estão entre os mais ouvidos na plataforma, depois do inglês. Essa tendência é corroborada por outros estudos, que mostram que os ouvintes mais jovens nos EUA estão se interessando cada vez mais por “world music” em outros idiomas. Mais da metade dos artistas que geraram pelo menos US$10 mil no Spotify são de países onde o inglês não é o primeiro idioma.

Carreiras em Ascensão no Longo Prazo

Outra lição crucial é que a indústria da música está se tornando cada vez mais sustentável no longo prazo. Quase metade dos artistas que receberam pelo menos US$10 mil no Spotify em 2017 agora estão gerando mais de US$50 mil, indicando um crescimento significativo desde então. Além disso, 80% dos artistas que geraram pelo menos US$1 milhão não tiveram uma música que alcançasse o Top 50 da parada global diária do Spotify. Isso mostra que o sucesso na música não depende mais de um único “hit”, mas de uma construção lenta e consistente de carreira.

Conclusão: Um Mercado Mais Justo e Diversificado

As 5 Principais Lições sobre a Indústria da Música que o Último Relatório do Spotify Revelou.
As 5 Principais Lições sobre a Indústria da Música que o Último Relatório do Spotify Revelou.

Embora ainda haja muito a ser feito, essas lições apontam para um mercado musical cada vez mais justo e diversificado. O crescimento dos artistas independentes, a globalização da música e a possibilidade de construir carreiras sustentáveis são sinais animadores de que a indústria está se transformando. Claro, mudanças ainda precisam acontecer, mas é emocionante ver essa evolução, que traz mais oportunidades tanto para os artistas quanto para os fãs de música.

Fonte: https://www.tenhomaisdiscosqueamigos.com/2024/03/25/licoes-relatorio-musica-spotify/

As 5 Principais Lições sobre a Indústria da Música que o Último Relatório do Spotify Revelou.
As 5 Principais Lições sobre a Indústria da Música que o Último Relatório do Spotify Revelou.

Últimos artigos